Desde a sua criação, o NORIE tem mantido a estratégia de visar ao desenvolvimento tecnológico da construção de uma forma sistêmica, buscando estudar os vários aspectos que influenciam o desempenho deste setor econômico.

Pesquisa

O NORIE foi criado em 1974 com os objetivos de disseminar e aplicar os princípios da industrialização e racionalização da construção. Inicialmente, o grupo de pesquisadores do NORIE desenvolveu apenas atividades de extensão universitária, tendo participado do desenvolvimento e da implantação de projetos de sistemas construtivos inovadores para escolas e centros sociais. Vislumbrando a oportunidade e a necessidade de desenvolvimento tecnológico na produção do ambiente construído, em 1978 o grupo de pesquisadores voltou-se para a estruturação de um curso de pós-graduação na área de construção civil. Desde a sua criação, o NORIE tem mantido a estratégia de visar ao desenvolvimento tecnológico da construção de uma forma sistêmica, buscando estudar os vários aspectos que influenciam o desempenho deste setor econômico. A abordagem sistêmica ao processo de construção implica visualizar a produção de uma edificação sob um enfoque mais amplo, levando em conta as suas diversas fases, desde a fase de concepção, passando pelo projeto, produção de materiais e execução, até a etapa de uso e manutenção, e considerando, sobremaneira, as interações que existem entre as mesmas. As atividades de pesquisa do NORIE são organizadas através de Grupos de Pesquisa, os quais reúnem professores, pesquisadores e alunos segundo os temas investigados. Além das dissertações de mestrado e doutorado, são desenvolvidos projetos de pesquisa com recursos de agências de fomento públicas (CNPq, FAPERGS, FINEP, etc.) ou através de parcerias com empresas privadas.

Acesso Rápido

Acesso Rápido